sábado, 9 de janeiro de 2010

`_M

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Trimurti - Os Três Rostos

Os ritmos divinos da Índia estiveram presentes no CCB. O Bharata-Natyam, dança em que linhas simétricas e geometricamente perfeitas se juntam a movimentos vivos, tendo como base os ritmos complexos do batimento dos pés, encantou quem assistiu. A esta técnica juntou-se o abhinaya, expressões do rosto acompanhadas de gestos das mãos e de posturas do corpo para interpretar os poemas e os hinos cantados.

(Mais fotos aqui)

Paulo Martins

domingo, 24 de agosto de 2008

Juan Pinilla - Fábrica da Pólvora

Representa uma das revelações do jovem flamenco andaluso e ganhou o primeiro prémio no XLIV Concurso Nacional del Cante de las Minas de la Unión, o mais importante concurso espanhol flamenco. Um destaque muito importante para as bailarinas que cantaram e encantaram com a sua força e sensualidade.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

Um concerto...

São uma das bandas mais carismáticas da música portuguesa. Estiveram na Baía de Cascais, a propósito das Festas do Mar. Mais um concerto onde as fotografias puderam ser tiradas até à terceira música, em nome dos direitos da imagem. Por isso, a minha visão do que deveriam ser as fotos de todos estes concertos-terceira-foto. Em nome dos direitos de imagem (quem tiver um pouco de tempo, e dentro do módulo da escrita jornalística, pode ler aqui, um apontamento sobre isto).

Paulo Martins

sábado, 23 de agosto de 2008

Miguel Martins “Kaleidoscópio”

Este trio de formação variável, que conta com Carlos Barreto ou Carlos Bica no contrabaixo e José Salgueiro ou Markku Ounaskari na bateria, tem o propósito de despertar sensações no público e de introduzir problemáticas humanas a quem os ouve. Foi no CCB e integrado na programação do "Jazz às 5ª".

(Mais fotos aqui)

Paulo Martins

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

L’Utopie

Encerraram o Festival dos Oceanos, na Doca dos Olivais. Dezoito artistas da companhia francesa trouxeram Um Novo Mundo, um espectáculo repleto de elementos cénicos e pirotécnicos, música e efeitos especiais. E relembrou-se Acqua Matrix, na Expo 98.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Que tal as férias?

(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

terça-feira, 29 de julho de 2008

Vou de férias - até Setembro!

Espero que ao regressar a malta do MEF de 2007-08 também regresse em força à CARTA FOTOGRÁFICA
Um abraço a todos

João Vasco

Outras vidas II...

Sim...? E depois...?
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Outras vidas...

E ali esteve, a olhar para mim, calmamente, a ver a vida passar por ele e a forma como outros a procuravam captar. É um tigre. E está longe de casa. É da Sibéria.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

sábado, 26 de julho de 2008

Circo Diatónico – Fábrica da Pólvora

Grupo italiano onde os sopros e percussões, em volta do acordeão de Clara Graziano, nos leva numa funambulesca viagem musical entre a música popular italiana, balcânica, o jazz, evocando, ao mesmo tempo, a alegria da festa de aldeia e a magia do circo, com o arrepio dos acrobatas, a melancolia dos palhaços e a elegância do equilibrista.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

sexta-feira, 25 de julho de 2008

domingo, 20 de julho de 2008

Med´Set Orkestra - Fábrica da Pólvora

Este projecto nasceu do desejo conjunto do músico argelino Akim el Sikameya e do Festival Sete Sóis Sete Luas em dar nova vida à cultura mediterrânica que é comum a todos os povos deste mar… e mais forte do que todas as divisões políticas, utilizando a música. Deste projecto fazem parte Mara Aranda (Valência), Rita Botto (Sicília), Custodio Castelo (Portugal), Marco Fadda (Itália), Vasilis Papageorgiou (Epirus) e Ricardo Tesi (Toscana).
“Antes de ser português, andaluz, argelino, italiano, grego ou valenciano… nós somos mediterrâneos”.

(Mais fotos aqui)

Paulo Martins

Simone de Oliveira

Foi na Feira do artesanato do Estoril, a mais antiga do país. Faz 44 anos este ano. Reúne todos os anos mais de uma centena de artesãos vindos de todas as regiões do país e do estrangeiro que trabalham ao vivo, modelando o barro, pintando azulejos, afagando a madeira, tecendo a lã ou o linho, exibindo as técnicas e instrumentos ancestrais.
Este evento inclui ainda espectáculos de danças folclóricas, música popular e fado, para além de poder saborear pratos da gastronomia regional portuguesa.
Desta vez, a sempre incansável Simone de Oliveira. Uma Senhora.

(Mais fotos aqui)

Paulo Martins

domingo, 13 de julho de 2008

On Dixie, no Maxime

Este grupo é constituído pelos músicos Gil Gonçalves (tuba), John Fletcher (banjo), Pedro Carvalho (bateria), Eduardo Lála (trombone) e Jean Marc Charmier (trompete). Desta vez, a participação especial de Georgios Anamateros, no piano e voz. Uma noite quente com os sons originais dos primórdios do jazz, com um travo inconfundível do whisky americano!
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

Feiras Medievais II

Sintra foi invadida por cavaleiros cristãos e muçulmanos. Por entre danças medievais, malabaristas e cuspidores de fogo, damas e cavaleiros, tendas árabes e música de outros tempos, voltou-se atrás no tempo para esquecer outras rotinas.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

sábado, 12 de julho de 2008

7 Sóis Orkestra, na Fábrica da Pólvora

Stefano Saletti propôs aos músicos que constituem este grupo a utilização do “Sabir”, uma antiga língua que os armadores, piratas e pescadores falavam nos portos do Mediterrâneo. Fazem parte Massimo Cusato (Calábria), Margarida Guerreiro(Portugal), Jamal Ouassini (Marrocos), Miguel Ramos (Andaluzia), Mário Rivera (Sicília) e Eyal Sela (Israel). Uma doce mistura de sons. Tempo para mais um intervalo.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Carlos do Carmo na Festa do Fado

O meu blogue recebeu 30 000 visitas. Passem por lá em http://jvasco-fotografia.blogspot.com/ . Abraços.

terça-feira, 8 de julho de 2008

Panos

Sempre gostei desta imagem e não sei bem porquê
Foto de João Vasco

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Na rota das feiras medievais

As feiras medievais estão de volta ao concelho de Sintra. Todos os fins-de-semana, uma diferente. Esta realizou-se no Largo da feira de S. Pedro. Entre malabaristas, cuspidores de fogo, comida medieval, chás árabes, esquece-se um pouco a voracidade do dia-a-dia. A próxima é no Largo do Palácio Nacional de Sintra, com torneios a cavalo. A visitar.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

domingo, 6 de julho de 2008

Minas de S. Domingos

Toma Castaña, na Fábrica da Pólvora

O Festival “Sete Sóis Sete Luas” continua. Desta vez com Toma Castaña. O grupo foi fundado em 1999, sob a direcção de Joaquín Linera Cortês e é uma das realidades mais interessantes da nova geografia do flamenco andaluz. De realçar as maravilhosas “pinceladas” de baile “gitano” dos bailarinos(as) Kuki e Edu Fernandez. Um ritmo endiabrado acompanhado por vozes dolentes. Tempo para um intervalo.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

domingo, 29 de junho de 2008

Mish-Mash, na Fábrica da Pólvora

Está de volta o Festival “Sete Sóis Sete Luas”. Vai ser o XVI Festival. Todas as sextas-feiras, num espaço fabuloso, a Fábrica da Pólvora. A música é a de todo o mundo.
A banda que abriu o Festival – Mish-Mash – propõe uma interpretação muito original de um conjunto de sons que habita o Mediterrâneo, o mundo médio-oriental e os países de leste. O repertório klezmer, as canções sefarditas e a antiga música persa são os grandes pilares desta inspiração. O nome do grupo vem por acaso, pois, em várias línguas mediterrânicas, significa “mistura”. É tempo de fazer um intervalo.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

sábado, 28 de junho de 2008

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Jazz na Culturgest

Carlos Bica apresentou, no dia 21, na Culturgest, o seu mais recente trabalho, Matéria-Prima. Acompanharam-no, no piano, João Paulo, na guitarra, Mário Delgado, na bateria, João Lobo e no trompete, Matthias Schrief. Um concerto impressionante. Apeteceu-me passear de táxi nas noites de Nova Iorque. Ficam as palavras de Carlos Bica.
“Música é alegria e tristeza mas também é paz e revolta, a música tem dessas coisas porque o Agora não tem nome”.
(Mais fotos aqui)
Paulo Martins

domingo, 22 de junho de 2008

"Pulsação", de Susana Félix

No mês passado, Susana Félix apresentou o seu mais recente trabalho, Pulsação, no Maxime, em Lisboa. Reúne os temas que mais destaque têm tido na sua carreira. Estive lá e ficam algumas fotos.
Adivinhem quem lá estava também?
Paulo Martins

sábado, 24 de maio de 2008

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Retalhos de uma viagem...

... a caminho...
...ficou no mar...
... memórias varridas... ... mas entre... entre!
... e contaram-se histórias de vidas perdidas e da esperança em outras.

Paulo Martins

quinta-feira, 15 de maio de 2008

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Ponte Vasco da Gama

terça-feira, 13 de maio de 2008

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Rio Zêzere

sábado, 10 de maio de 2008

Million Dollar Lips

Banda de Cascais

sexta-feira, 9 de maio de 2008

A Naifa

Confinada a um lugar, entretive-me a experimentar... (rimou)